[Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World

Ir em baixo

[Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World Empty [Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World

Mensagem por Hayt em Seg Ago 12 2013, 18:53

Quando em 1986, a SEGA lançou o seu console doméstico de 8-bits no Mercado, o SEGA Master System, ela precisava de um rival à altura de um certo encanador italiano da famigerada Nintendo. Desta necessidade surgiu um dos jogos mais clássicos do Master System: Alex Kidd in Miracle World.

[Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World Alex-kidd-in-miracle-world-icon-1
Um Clássico da era 8-Bits: Alex Kidd in Miracle World!

Lançado em 1986 pela SEGA, Alex Kidd in Miracle World é um jogo de plataforma padrão, onde deve-se derrotar inimigos, pular buracos e passar de fases. Contudo, Alex Kidd possui vários charmes, que colocam a frente de muitos jogos de plataforma da época.

A história era de certa forma, bem desenvolvida para época. Você é príncipe Alex, um jovem guerreiro que passou anos treinando no Monte Eternal para desenvolver a técnica Shell, que permite destruir rochas com suas próprias mãos. Ao fim do treinamento, Alex resolve voltar para Radaxian, sua terra natal, mas descobre que Janken havia raptado sua família e “tocado o terror” em Radaxian. Assim, Alex parte em missão a fim de restabelecer a paz em sua terra natal.

[Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World 10112-alex
Nosso Herói em par com os inimigos. Vamos Alex, você é o melhor!

A aventura, porém não será tão fácil assim. Além de encontrar vários inimigos durante o estágio que lhe “matam” com apenas uma esbarrada, Janken conta com a ajuda dos seus três fieis ajudantes: Stone Head, Scissors Head e Paper Head, que são derrotados de forma bastante criativa: com partidas de Jokenpô.

[Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World Alex-kidd-in-miracle-world-inimigos
Os verdadeiros Inimigos do Jogo: Janken, Stone Head, Scissors Head e Paper Head.

Apesar de ser um jogo de Plataforma Padrão, Alex Kidd não tenta, em momento nenhum, copiar outros jogos similares da época. Por exemplo, você dispõe de vários itens que lhe ajudam em sua jornada. Alguns dos itens são:

- [Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World ItemmotoMotocicleta : Item mais conhecido do Jogo. Permite correr e esmagar tudo que ver pela frente;

- [Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World ItempeticopteroHelicóptero: Outro Item bem Conhecido. É capaz de atirar misseis;

- [Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World ItemlanchaLancha: Permite passar de fases que seriam aquáticas pela superfície, além de atirar mísseis.

- [Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World ItemcapsulaaCapsula A: Invoca oito pequenos Alex Kidd;

- [Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World ItemcapsulabCapsula B: Cria uma barreira que protege nosso herói;

- [Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World ItempomagicoPó Mágico: Dá ao Alex invencibilidade temporária;

- [Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World ItembengalaBengala Mágica: Permite que Alex voe pelo estágio durante algum tempo;

- [Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World ItemanelAnel Mágico: Dispara raios em linha reta;

- [Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World ItemtelepatiaPedra Telepática: Permite que Alex leia os pensamentos dos seus adversários nas disputas de Jokenpô.

Os estágios de Alex Kidd são bem diversificados: Alguns Ocorrem em montanhas, outros em florestas, alguns dentro de cavernas e castelos, e por fim, em baixo d’ água. Aliás, Alex Kidd é um dos poucos jogos onde as fases aquáticas são divertidas: elas não são nenhum pouco monótonas e os princípios de hidrodinâmica se aplicam corretamente: Alex tende a boiar e não afundar como ocorre na maioria dos jogos. O jogo contém ao todo onze estágios, e no manual do jogo havia um pequeno mapa, onde mostrava a numeração da fase e o local correspondente no “mundo” do jogo.

[Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World Ak_map
Mapinha que vinha no manual do Jogo. Bem Legal para época!

Certamente um dos fatores que fizeram com que Alex Kidd fosse bastante conhecido, pelo menos em terras tupiniquins, era o fato que ele vinha incluso na memória do Master System II e algumas versões do Master System III, sendo assim, o primeiro contato com o mundo dos jogos para muitos. Foi de certa forma, uma atitude muito correta da Sega em incluir um dos melhores jogos na memória do Master System.

[Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World 1992-o-master-system-ii-vinha-com-pisola-oculos-3d-e-o-inesquecivel-alex-kidd-in-miracle-world-na-memoria-1343676597720_615x470
Famigerado Master System II da TecToy, que vinha com Alex Kidd na Memória.

Os gráficos de Alex Kidd in Miracle World são muito bons, embora não sejam os melhores do Master System na época. São bem coloridos e os personagens são bem grandes. O background das fases são simples, porém são de certa forma agradável. O principal problema dos gráficos reside no fato que a animação dos personagens está demasiadamente simples – todos os sprites possuem apenas dois quadros por animação, o que pode chatear os mais críticos.

[Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World 37262-alex-kidd-in-miracle-world-sega-master-system-screenshot-alex
Os gráficos são simples, poderiam ser um pouco melhores, porém cumprem com louvor o seu papel.

A música tema do jogo é simplesmente clássica. Quem é um pouco mais velho deve conhece-la bastante. Além da música-tema, temos a música das fases aquáticas e as dos castelos, além de claro, das músicas que tocavam quando você estava montado na Motocicleta, pilotando o Helicóptero ou na Lancha, todas com uma ótima qualidade, mesmo no fraco processador sonoro do Master System.


Tema Clássico de Alex Kidd in Miracle World. Os marmanjos barbudos sabem de có.

A jogabilidade é precisa, apesar que os pulos de Alex são um tanto estranhos, pelo fato de acelerarem quando estão quase terminando. Além disso, Alex desliza demais, o que faz com que se perca algumas vidas de bobagem. Para os mais novatos, pode-se estranhar o fato que os botões estão invertidos em relação ao padrão da Nintendo – ao passo que o primeiro botão executa o pulo, e segundo executa o soco. Nada, porém que alguns minutos de jogatina não resolvam.

Diversão e Alex Kidd in Miracle World são praticamente sinônimos. Certamente você se divertirá muito em frente ao Master System jogando esse clássico, o que lhe faz pensar por que a SEGA abandonou esse jogo tão fantástico. A dinâmica do jogo é praticamente perfeita, você não enjoará tão rapidamente dele, afinal cada estágio nos reserva uma surpresa. É o tipo de jogo que atrai tanto os jogadores casuais, que desejam só um pouco de diversão, quanto aqueles mais hardcores, que realmente querem zerar esse jogo que é considerado bem difícil.

[Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World Alex_miraclew20
Jaken, o inimigo final do Jogo!

Devido ao grande sucesso do jogo, Alex Kidd foi promovido a Mascote da SEGA. Certamente um dos fatores que o fizeram um Mascote tão querido seja o seu carisma: Alex Kidd in Miracle World respira carisma. Apesar de possuir alguns defeitos você não conseguirá não gostar do jogo: ele é único, não há nada que seja parecido com ele. Concluindo – Alex Kidd in Miracle World é um dos melhores jogos de Plataforma da época (na minha opnião era o melhor). Os que jogaram certamente tem saudades, aos que não jogaram ai vai uma dica: joguem, será uma experiência única e agravél! Como diria meu irmão: Gamer que é Gamer jogou pelo menos uma vez na vida Alex Kidd in Miracle World.


GUIA DE NOTAS

A pedidos, estou retornando com a guia de notas. Pela primeira vez, detalhado o procedimento como atribuio as notas ao jogo. São analisados quatro itens: gráficos, com peso 3; áudio, com peso 2; diversão e jogabilidade, ambos com peso 4. Após isso é tirado uma média ponderada. Deixando de enrolação, as notas de Alex Kidd in Miracle World foram:

Gráficos: 8,5 (São bons, porém poderiam ser melhores. O principal defeito, contudo é a animiação, que está um pouco fraca).

Áudio: 8,5 (São bem diversificadas, mesmo no horrivél processador sonoro do Master System).

Jogabilidade: 8,5 (Pode parecer um pouco estranha no ínicio, mas nada que alguns horas de treino não resolvam).

Diversão: 10,0 (Certamente um dos jogos mais divertidos do Master System. Atraem tanto jogadores casuais como os hardcores)

NOTA FINAL: 8,9


GUIA DE DICAS

Alex Kidd in Miracle World não é um jogo tão facil assim. Desta forma, algumas dicas podem ser cruciais, como a sequência para derrotar os chefes nos Jokepô.

Stone Head - Pedra, Tesoura.
Scissors Head - Tesoura, Papel.
Paper Head - Pedra, Tesoura.
Stone Head (2ª Encontro) - Papel, Papel.
Scissors Head (2ª Encontro) - Pedra, Pedra.
Paper Head (2ª Encontro) - Pedra, tesoura.
Janken - Papel, Papel.

Lembrando que, no Segundo encontro com Stone Head, Scissors Head e Paper Head, além de claro, do Janken, será necessário também derrota-lós na ***!

Outra dica importante refere-se aos Continues (essa eu não sabia). De forma normal, o jogo não dispõem de Continues, porém se você perdeu todas as suas vidas e tem mais de $800, segure o direcional para cima e pressione o botão 2 oito vezes. Isso funcionará como um continue e o jogo recomeça donde você parou!

Por fim, uma dica que muitos já sabem é a existência de uma fase secreta. Na terceira fase você deve matar o primeiro polvo acertando socos em seu tentáculo. Depois basta entrar no vaso para descobrir uma fase secreta!


GUIA DE CURIOSIDADES

- Alex Kidd causou uma febre tão grande no Brasil, que chegou a ter seus cenários como prova para crianças num programa do canal SBT, apresentado por Gugu Liberato chamado Play Game que foi ao ar em 1993.

- Em Golden Axe, outro jogo clássico da SEGA, no primeiro estágio aparece um guerreiro, chamado de Alex, que havia tentado derrotar as forças de Death Adder, porém sem sucesso.

- Em Kenseiden, clássico jogo da SEGA lançado em 1988 para Master System, em uma das fases, pode-se notar um crânio com a face de Alex Kidd (que macabro!)

[Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World Enduro+2
João, Maria e José! Que Macabro isso!

- No jogo Segagaga para Dreamcast, lançado em 2001, aparece Alex Kidd como um balconista de uma das lojas da SEGA. Em certo ponto da trama, ele revela em flashback como foi quando a Sega decidiu trocá-lo pelo Sonic, como mascote da empresa. O jogo, infelizmente, só foi lançado no Japão, e o video do flashback é mostrado abaixo:


Sério, deu pena.

- No Jogo Altered Beast, da SEGA, lançado em 1988, em um dos túmulos é possivél ver o nome Alex, ao lado de outro túmulo, com o nome de Stella. Stella, para quem não sabe é a namorada do Alex Kidd

[Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World Alexab
A SEGA queria mesmo matar o pobre Alex...


GUIA DE GAMEPLAYS

Estou postando abaixo o primeiro video do Gebirge, onde ele zera o Alex Kidd in Miracle World, sempre com um bom humor:

Hayt
Hayt
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Posts Posts : 3300
Karma Karma : 164

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World Empty Re: [Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World

Mensagem por Britanniarum em Seg Ago 12 2013, 19:00

Esse jogo é MUITO bom. Joguei ele num emulador de Mega Drive pro PS2 euuehaeuhe. Eu prefiro o Alex do que o Sonic, sinceramente.
Britanniarum
Britanniarum
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Posts Posts : 2004
Karma Karma : 79

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World Empty Re: [Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World

Mensagem por keitaro em Ter Ago 13 2013, 15:19

Jogando Alex Kid na epoca não consegui terminar... so matei a vontade anos depois no emulador...rsrsrsr
keitaro
keitaro
Membro Nv.MÁX
Membro Nv.MÁX

Posts Posts : 393
Karma Karma : 9

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World Empty Re: [Análise/Master System] Alex Kidd in Miracle World

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum